Mato Grosso do Sul já vendeu 65,35% do milho 2019/20 com preço subindo 6,15% na semana

A Famasul (Federação da Agricultura e Pecuária do Mato Grosso do Sul) divulgou seu Boletim Semanal da Casa Rural seguindo o acompanhamento da comercialização da safra de milho 2019/20 no estado.

De acordo com o levantamento, até o momento os produtores sul-mato-grossenses já negociaram 65,35%  das 10,618 milhões de toneladas produzidas nos 1895 milhão de hectares cultivados.

Enquanto isso, o preço da saca do milho, no Mato Grosso do Sul se valorizou 6,15% entre 05 a 09 de outubro de 2020, e encerrou o período negociado a R$ 58,25. Quanto ao preço médio, o mês de outubro está cotado a R$ 56,36, no comparativo com outubro do ano passado, houve avanço nominal de 84,66%, quando o cereal havia sido cotado, em média, a R$ 30,52/sc.

 

 

“As cotações do milho no mercado interno seguem evoluindo no Brasil pressionadas pela baixa disponibilidade doméstica, a posição firme de vendedores e a demanda aquecida.”, destaca a Famasul.

Entre janeiro e setembro, o estado já registrou 847,9 mil toneladas de milho exportadas, contabilizando US$ 138,7 milhões de faturamento. No comparativo com igual período de 2019 houve queda de 54,28% no volume e retração de 55,95% na receita.

“Essa baixa exportação sul-mato-grossense no período decorre da ausência de estoque de passagem, uma vez que em 2019 Mato Grosso do Sul atingiu o recorde de exportação de milho 2ª safra em ano civil com um volume de 2,655 milhões de toneladas”, explica o relatório.

O Japão foi o principal destino das exportações de milho sul-mato-grossense até setembro de 2020, respondendo por US$ 24 milhões e 17,47% do total, outro destaque é Taiwan com US$ 23,4 milhões e 16,91% do total.                        

Fonte:https://www.noticiasagricolas.com.br/noticias/milho/271152-mato-grosso-do-sul-ja-vendeu-6535-do-milho-201920-com-preco-subindo-615-na-semana.html#.X4dGJNBKjIU

Galeria de fotos